Balanço-2019

INSTITUTO ACOLHER ASSISTÊNCIA SOCIAL

Matriz: Núcleo Ribeirão Preto – CNPJ: 06.318.831/0001-92

Filial: Núcleo Seccional Pontal – SP – CPNJ: 06.318.831/0002-73

BALANÇO ANUAL DE CONTAS – EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2019

BALANÇO PATRIMONIAL:

    2018 2019
ATIVO:     R$  61.627,98 R$   47.574,02
  Circulante R$       32.721,18 R$    25.325,51
  Caixa R$     10.369,73 R$        6.116,01
  Bancos c/ Movimento R$      22.351,45 R$       1.334,50
  Outros ativos circulantes R$                 0,00 R$                0,00
  Não Circulante R$    28.906,80 R$    22.248,50
  Realizável de Longo Prazo R$                 0,00 R$                0,00
  Permanente – Imobilizado R$    28.906,80 R$    22.248,50
PASSIVO:   R$   61.627,98 R$   47.574,02
  Circulante R$        8.298,71 R$         1.053,51
  Fornecedores R$        2.637,30 R$            693,51
  Outros passivos circulantes R$         5.661,41 R$          360,00
  Não Circulante R$                 0,00 R$                0,00
  Exigível à Longo Prazo R$                 0,00 R$                0,00
  Resultados Ex. Futuro R$                 0,00 R$                0,00
  Patrimônio Social Líquido R$     53.329,27 R$   46.520,50

DEMONSTRATIVO DAS CONTAS DE RESULTADOS:

RECEITAS:   R$322.622,41 R$427.795,93
  Contribuições Associativas R$       6.200,00 R$        7.200,00
  Receita de Bens e Serviços R$           500,00 R$      19.632,40
  Rendimentos de Aplicações R$              312,17 R$            896,94
  Doações R$      11.660,24 R$        7.550,00
  Subvenções R$                  0,00 R$                  0,00
  Parcerias e Convênios R$  303.950,00 R$    392.216,59
  Outros Recursos R$                   0,00 R$                   0,00
DESPESAS:   R$   271.196,67 R$ 426.704,00
  Capital Humano R$      173.191,56 R$    336.556,77
  Obrigações Sociais e Trabalhistas R$       42.003,46 R$       19.994,05
  Tributos e Tarifas Diversas R$           1.782,30 R$          2.061,56
  Despesas Gerais e de Manutenção R$        54.201,36 R$      68.092,02
   
RESULTADO: (Superávit/Déficit):   R$      51.425,74 R$             791,53

 

DEMONSTRATIVO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO SOCIAL LÍQUIDO:

PATRIMONIO SOCIAL RESULTADOS ACUMULADOS TOTAL
Saldos de Exercício Anterior 0,00 0,00
Resultados do Exercício 2017 R$ 1.903,53  
Saldos em 31 de dezembro de 2017 R$ 1.903,53 R$ 1.903,53
Resultados do Exercício 2018 R$ 51.425,74  
Saldos em 31 de dezembro de 2018 R$ 51.425,74 R$ 53.329,27
Alienação por Doação de Bens Patrimoniais 2019 R$ (7.600,30)  
Resultados do Exercício 2019 R$ 791,53  
Saldos em 31 de dezembro de 2019 (R$ 6.808,77) R$46.520,50

AS NOTAS EXPLICATIVAS SÃO PARTE INTEGRANTE DO BALANÇO E DOS DEMONSTRATIVOS

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DEZ 2019

I – CONTEXTO OPERACIONAL:

 NOTA 01 – A Organização é uma instituição privada, não-governamental, integrante do Terceiro Setor, constituída como associação, sem fins lucrativos, político-partidários ou religiosos como sede social e matriz (Núcleo Ribeirão Preto) sito a Rua Minas, 343, Espaço Coletivo e-Solidariedade II, Campos Elíseos, Ribeirão Preto, SP, e Núcleos Seccionais em Pontal – SP (filial) sito a Avenida Maria Lídia neves Spínola, 563, Núcleo Manoel Fernandes, Pontal, SP, Núcleos Seccionais em Santa Rosa de Viterbo, SP, sendo Núcleo I: Rua Dr. Manoel Carneiro da Cunha, 1.015m Jd. Gurilândia, Santa Rosa de Viterbo, SP,  e, Núcleo II: Rua Benedito Pereira dos Santos, 267, Centro Comunitário Tio Pica-Pau, C. H. Adib Moussa, Ribeirão Preto, SP, tendo por missão institucional promover ações de políticas públicas sociais setoriais e transversais em prol do protagonismo para o pleno exercício da cidadania e as ações sociais da Organização foram promovidas com vistas à consecução de seus objetivos sociais, notadamente ações de Assistência Social, voltada a público em situação de vulnerabilidade ou risco pessoal, social, afetivo ou econômico, em especial crianças, adolescentes e suas famílias.

NOTA 02 – Todas as ações (atividade, serviços, projetos, campanhas, eventos e/ou benefícios) realizadas no exercício pela Organização, aos usuários-beneficiários em fragilidade, vulnerabilidade ou risco pessoal, social, afetivo e/ou econômico são e foram oferecidas de forma gratuita.

NOTA 03 – A contabilidade do estabelecimento matriz e filial são feitos de forma centralizada.

 II – APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES RESUMO DAS PRÁTICAS CONTÁBEIS:

 NOTA 04 – As demonstrações contábeis e financeiras são de responsabilidade da Administração da Organização foram elaboradas e estão sendo apresentadas em conformidade com as práticas contábeis adotadas e vigentes no Brasil.

NOTA 05 – A prática contábil adotada é pelo regime de competência.

NOTA 06 – O imobilizado inclui os bens adquiridos com recursos próprios e com repasses de recursos públicos governamentais, sendo estes últimos contabilizados em contas específicas na forma da lei.

NOTA 07 – O Ativo Permanente está apresentado pelo valor de aquisição.

NOTA 08 – As fontes de recursos no exercício foram àquelas advindas de contribuições associativas e doações de pessoas físicas e jurídicas de iniciativa privada, atividades e eventos beneficentes, repasses governamentais por contrato administrativo ou por parcerias em regime de mutua cooperação e interesse público e recíproco e de prestação de serviços da própria organização.

NOTA 09 – Todos os recursos auferidos foram integralmente aplicados em investimentos e custeio de ações fins e meio na própria Organização em busca da consecução de suas finalidades e objetivos sociais e de sua manutenção e sustentabilidade institucional. Não houve qualquer tipo de remuneração a dirigentes e nem distribuição de valores econômicos a qualquer tipo a associados.

NOTA 10 – As despesas da entidade são apuradas a partir de notas e cupons fiscais, faturas, RPAs, recibos, duplicatas e documentos correlatos, em conformidade com as exigências legais.

NOTA 11 – Das doações recebidas num total de R$ 7.550,00 (Sete mil quinhentos e cinquenta reais), sendo que destas, R$ 3.500,00 (Três mil e quinhentos reais) tem como fonte Pessoas Físicas, associadas ou não associadas e R$ 4.050,00 (Quatro mil e cinquenta reais) tem como fonte Pessoas Jurídicas de Direito Privado.

NOTA 12 – O Capital Humano da Organização é constituído por empregados (CLT), prestadores de serviços (profissionais liberais e autônomos), voluntários (com e sem ressarcimento de custos na forma da lei), estagiários e aprendizes.

NOTA 13 – A Organização manteve parcerias no exercício com a Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, SP (SEMAS); Prefeitura Municipal de Pontal, SP (SEMAS e COMDCAP); Prefeitura Municipal de Dumont (CRAS); Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Viterbo (DMAS); JECRIM – Juízo Especial Criminal – Comarca Ribeirão Preto; com a Organização Santo Antônio Maria de Claret; com Instituto Paulista Ribeirão Preto (Projeto Social Coletivo e-Solidariedade); e, prestou apoio e suporte institucional ao Movimento Social Banquetaço, Missão Nariz Vermelho; Grupo Teatro Proscênio e ao Instituto Limite (SEAS/RP), integra os Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (COMDEPIR) Ribeirão Preto, SP; e Conselhos de Educação, dos Direitos da Criança e do Adolescente e da Assistência Social de Pontal – SP.

NOTA 14 – Neste exercício financeiro 2019 foram mantidas 400 (quatrocentas) vagas para atendimento socioassistencial de usuários crianças, adolescentes e seus familiares.

NOTA 15 – As ações e atuações no ano de 2019 da Instituição foram as seguintes:

a) Projeto IAcolher Casa Abrigo Renascer – Serviço Socioassistencial de Acolhimento de Crianças e Adolescente na Modalidade Abrigo Institucional – SAICA: (Parceria em compartilhamento de Gestão com a Prefeitura Municipal de Pontal – SP/SEMAS e com a Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Viterbo, SP/DMAS);

b) Projeto IAcolher de Apoio e Suporte a Pessoas em Situação de Rua (parceria com o JECRIM/Ribeirão Preto – Fundo de Prestação Pecuniária) e apoio do SEAS/RP Ribeirão Preto;

c) Projeto IAcolher de Ações Complementares PETI (Programa de Assistência Social de Inserção no Mundo do Trabalho de adolescentes em risco ou situação de exploração do trabalho infanto-juvenil, em parceria com Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto – SEMAS/FMAS-PETI);

d) Projeto IAcolher Escola de Pais Pontal – SP (parceria COMDCAP/FUMDCAP – Pontal – SP);

e) Projeto IAcolher Coordenação, Acompanhamento e Monitoramento de Medidas Pontal – SP (parceria COMDCAP/FUMDCAP – Pontal – SP);

f) Projeto IAcolher Inserção no Mundo do Trabalho – Pontal – SP (parceria COMDCAP/FUMDCAP – Pontal – SP);

g) Projeto IAcolher Primeira Infância no S.U.A.S/Criança Feliz (parceria em compartilhamento de gestão com a Prefeitura Municipal de Pontal – SP/SEMAS e com a Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Viterbo, SP/DMAS);

h) Projeto IAcolher de Gestão, Infraestrutura e Sustentabilidade.

NOTA 16 – As despesas gerais e de manutenção correspondem a custeio operacional da Organização, referentes, entre outras, a: tarifas de serviços públicos; expedição de correspondência; material de consumo diversos, insumos de informática, didático-pedagógico para atividades socioeducativas, de limpeza, descartáveis, copa, cozinha e café; manutenção e combustível para veículos em serviço, alimentação em atividades (usuários) e em serviço (capital humano); viagem em serviço; locação de imóveis, divulgação institucional, asseio, higienização, conservação, limpeza e manutenção de unidades, instalações e equipamentos e outras despesas de custeio diversas.

Ribeirão Preto, SP, 31 de dezembro de 2.019.

BRUNO APARECIDO DE LIMA                                                EVERTON FERREIRA DA SILVA

Presidente                                                                                                    Diretor Adm. Fin. e Patrimonial

MARIA APARECIDA SGOBBI DITADI

Contadora CRC – 116.465/SP

PARECER DO CONSELHO FISCAL:

O Conselho Fiscal do Instituto Acolher Assistência Social, analisou os documentos integrantes do Balanço Anual de Contas – Exercício 2019, e tendo encontrado tudo em boa ordem e devidamente registrado, comprovado e expresso de forma clara, transparente e adequada, recomenda em parecer à Assembleia Geral Institucional, a aprovação das referidas contas, com registro de votos de louvor a direção e gestão institucional da Entidade pela forma séria, eficiente e transparente pela qual geriu a Instituição e suas finanças no referido Exercício. É o parecer.

Ribeirão Preto, SP, 01 de março de 2.020.

JUAREZ C. DE SOUZA   JOANA DARC C. SPAGNOL  GUIBERTO F. LIMA

Fiscal- Coordenador                       Fiscal-Relator                         Fiscal-Revisor

ASSEMBLEIA GERAL – APROVAÇÃO

O presente Balanço Anual de Contas – Exercício 2019, foi analisado, discutido, deliberado e aprovado pela Egrégia Assembleia Geral Institucional em caráter extraordinário, em sessão realizada no dia 21 de abril de 2020.

Ribeirão Preto, SP, 21 de abril de 2.020

BRUNO APARECIDO DE LIMA

Diretor-Presidente